quarta-feira, 27 de março de 2013

Capítulo 3_ Mini fanfic Together



_Flashback_ON_

 Ela corria tentando se proteger da forte tempestade de neve que caía , na tv aconselhavam a não sair de casa naquela tarde , mas ela não queria esperar mais para ver os convites de seu casamento. Se seu noivo estivesse em casa , não a deixaria sair sabendo o que diziam na tv , mas então ela resolveu sair antes do horário de saída do trabalho de  Joseph. Aperto o sobretudo contra si e percebeu que 3 casacos e 1 sobretudo já não era o suficiente para mante-la aquecida.Apertou a visão e suspirou pesadamente ao ver que nem seu carro havia se livrado da neve.

_Que merda de bateria! _ gritou girando novamente a chave na ignição sem obter sucesso... de  novo.A bateria de seu carro havia arriado e o frio começava a invadir o automóvel._ Que droga Demetria !Tinha que sair de casa logo hoje?!_ Bateu a cabeça algumas vezes no banco do motorista e resolveu pensar em alguma forma de sair dali. As ruas estavam vazias , as lojas fechadas , as pessoas trancadas dentro de casa, será que só ela havia resolvido não escutar a moça do canal 9?

 Se encolheu um pouco mais no banco e voltou a pensar. Ela estava presa. PRESA. ''Claustrofobia logo agora?!" Se amaldiçoou por ser claustrofóbica e seus olhos se encheram de lágrimas com medo do que viria a seguir. Sua respiração começava a ficar pesada e o pensamento de estar presa e provavelmente soterrada em poucos minutos a assustava.Ela percebeu que tinha que tomar uma iniciativa e saiu em busca de seu celular , amaldiçoando a si própria por levar tanta maquiagem dentro de sua Luis Viton.

_Ligação on_

_Alô?_ a voz dele surgiu do outro lado do aparelho , lhe acalmando só por ouvir sua voz.

_J-Joe?_ sua voz saiu tremula pelas lágrimas que rolavam por seu rosto.

_Demi? Cadê você amor? Já tava ficando preocupado ,eu cheguei e achei o seu bilhete. Tá tudo bem?_ o tom de preocupação em sua voz era aparente , o que fazia o coração da menina apertar por deixar o noivo assim.

_J-Joe , me ajuda._ pediu chorando.

_Demi, onde você 'tá?Demi, você tá me assustando.

_Joe , eu t-'to presa no meu c-carro , a bateria dele não 'tá funcionando, t'tá muito frio aqui J-Joe, eu 'tô presa...

_Demi , respira... calma , eh ... me diz onde você 'tá._ Joe se preocupava ainda mais com o fato de Demi ser claustrofóbica. Ele ainda de lembrava de quando ela havia ficado presa no banheiro de seu loft e havia entrado em desespero.

_Eu 'tô na rua Irvine , um p-pouco depois da loja de c-convites. Me ajuda J-Joe ... tá muito frio.

_'Tô saindo de casa , chego aí em 10 minutos amor.

_J-Joe , não me deixa sozinha-a.

_Não vou desligar , quer que eu cante pra você?

_S-Sim_ sorriu mesmo sabendo que ele não podia ver o 
pequeno sorriso sincero que esboçara.

-Hello beautiful/ how's is going?/ I hear it's wonderful in 
California / I've  ben missing you / it's true... - suas lágrimas 
continuavam descendo , mas seu coração já estavase 
acalmando , ela já acompanhava a música com os lábios 
roxos , fechou os olhos tentando se concentrar na doce voz 

do outro lado da linha.
_fim da ligação_

Já não sentia mais seu rosto , suas pernas , pés , braços , 
dedos  e seu corpo estava dormente.

A porta atrás de si se abriu e ela sentiu alguns tecidos 
grossos sobre si. Ouviu o barulho de seus objetos serem 
recolhidos e dois braços quentes e fortes a envolveram , 
tirando-na de cima no bando e a carregando para outro 
lugar.

_Oi linda._ foi a última coisa que ouviu antes de cair na 
inconciência.

 O menino pôs a namorada no banco de trás de seu carro e 
ligou o aquecedor, cobrindo a garota extremamente pálida 
com mais um cobertor que trouxera consigo , deitando a 
cabeça da menina em seu colo, tirando-lhe a toca para 
deixar que seus cabelos negros da garota caíssem sobre 
suas pernas , pegou uma outra toca , só que mais grossa 
que trouxera dentro de uma bolsa e envolveu a cabeça da 
menina com a mesma.

_Hey princesa , acorda , por favor. _ pediu dando vários 
beijinhos no pescoço e nuca de sua noiva._ vamos olhar os 
nossos convites de casamento Dem ,acorda vai... _ abraçou-
a com mais força tentando lhe passar calor humano  , passou 
as mãos sobre o rosto da menina e se assustou por senti-lo 
tão frio. Pegou uma garrafa térmica com café que trouxera 
de casa e colocou um pouco do líquido na boca da menina 
_ vamos lá amor , bebe só um pouquinho._ tentou 
novamente , sentindo o desespero tomar conta de si . 
Beijou a testa , depois a ponta do nariz e seguiu para os 
lábios dela , percebendo-os já levemente avermelhados e 
que a respiração da garota já se normalizava . Colocou um 
pouco mais de café na boca de Demi e segurou seu rosto 
em mãos , observando o rosto delicado da garota em seu 
colo _ Dem , acorda ... não faz isso comigo._ beijou 
delicadamente os lábios da menina e respirou fundo tentado 
manter a calma­­ _Like fire and rain / You can drive me insane/ 
But I can't mad at you for anything / We're Venus and Mars / 
We're like different stars / But you're the harmony ro every 
song i sing... _cantou baixinho , de olhos fechados ,  
sabendo que ela estava ouvindo. E estava.

_And i wouldn't  change a thing._ cantaram juntos, Joseph 
arregalou os olhos , se deparando com Demetria tremendo 
de frio em seu colo , mas com os olhos já abertos o 
encarando sorrindo.

_Demi!_ quase gritou , abraçou forte a menina , ouvindo-a 
tossir e depois se agarrar em seu tronco e se encolher ainda 
com muito frio.

_Tá tudo bem Dem?_ Joseph perguntou acariciando o rosto 
e a nuca da namorada.

_Agora  tá._ a menina fechou os olhos , aproveitando o 
carinho de Joe.

_Como você 'tá se sentindo?

_Ainda to com frio. Joe ... Desculpa por sair de casa mesmo 
sabendo da tempestade ... foi idiotice minha.

_Hey princesa , você só queria ver os nossos convites. Você 
não é idiota.

_Eu tive tanto medo ... eu estava sozinha. dentro do carro, 
tava com frio , você não tava lá comigo. _ ela olhou nos 
olhos do menino , que levou uma das mãos até o rosto de 
Demi e secou as lágrimas que rolavam molhando todo o seu 
rosto.

_Shii... _ levou sua boca ao ouvido dela  e as mãos até a 
nuca da mesma _ passou , eu to aqui agora. _ selou seus 
lábios ternamente , tentando lhe passar calma_ Tira os seus 
casacos Dem ,eles estão tão gelados quanto você.

_Eu não consigo me mexer direito Joe , não sinto os meus 
dedos , meus braços , meus pés.

_Eu te ajudo , vamos devagar ok? _ ele a descobriu e a 
colocou sentada , ajudando na retirada de seus casacos 
gelados , espalmou os braços da menina e se surpreendeu 
por estarem tão gelados . Cobriu a menina novamente e lhe 
entregou um pouco de café ainda quente.

_Chegamos ._ Desligou seu carro e olhou pra trás , onde 
Demi ainda toda enrolada nos cobertores sorrir pra ele. Saiu 
do carro, dando a volta no mesmo e foi até a menina , 
recolhendo seus objetos e a carregando até o elevador do 
prédio onde os dois coravam juntos em um loft.

 Girou a maçaneta depois de algumas tentativas frustradas 
de encaixar a chave na porta com a Demi no colo. Deixou os 
objetos em sua mão na sala e subiu as escadas em direção 
ao seu quarto.

_Dem , vou preparar a banheira quente pra você 'tá?_  perguntou vendo a menina sorrir satisfeita. Se não fosse ele 
, ainda estaria trancada em seus carro , provavelmente 
morta. Respirou fundo algumas vezes e olhou em volta , já 
estava em casa , seu cantinho _ Vem , vou te ajudar _ 
Joseph a ajudou a tirar a roupa , a deixando apenas de 
langerie, a pegando no colo e depositando-a na banheira 
quentinha.

_Perfeito._ murmurou ao sentir sua pele em contato com a 
água.Viu Joe sorrir ao ouvir seu comentário e sorriu 
agradecida pra ele.Era tudo ela precisava agora . Deixou a 
água lhe esquentar durante longos minutos , saiu de lá 
sentindo que sua pele á começava a enrugar. Colocou uma 
calça de moletom rosa bebê e uma blusa de manga 
comprida grossa azul de Joe. Foi até sua cama , se deitando 
ao lado de seus noivo que sorria por saber que ela já estava 
bem.

_Que susto que você me deu hoje heim Dem.

_Desculpa , de novo e obrigado por me salvar Joe.

_Qualquer coisa por você gatinha_ sorri segurando na 
cintura da garota , a puxando mais pra perto , colando seus 
corpos.

_Joe_ ela chamou depois de algum tempo abraçada á ele_ 
eu estava esperando chegar em casa pra poder abrir 
o pacote e ver os nossos convites de casamento 
juntos.Vamos abrir?_ perguntou ao noivo , sorrindo sapeca e 
sendo retribuída pelo mesmo sorriso. Foi até a sala e passou os olhos pela mesma atrás do pacote , dando uns pulinhos ao encontra-lo , voltou ao quarto , se sentando de frente para Joseph _ vamos ver...- ela puxou a aba do pacote laranja , revelando vários envelopes menores iguais. Eram vários envelopes na cor  branca com detalhes em dorado . Dentro do envelope , havia um cartão branco , com as letras e detalhes em dorado e prateado , nas bordas laterais do cartão , haviam pequenas fotos do casal, fotos sorrindo , se beijando , vivendo... Um cartão simples aos olhos de qualquer um  , mas não aos olhos deles , aquele pequeno convite , representa o dia mais feliz da vida de ambos , era perfeito _ Perfeito_ ela murmurou em meio as lágrimas.

_É o nosso convite amor , para o nosso casamento ! _ sorriu 
para a menina ao seu lado. Demetria jogou-se nos braços 
de seu noivo , selando seus lábios com desespero e 
felicidade _ Eu te amo tanto...

_É bom saber que você sente o mesmo

_FLASHBACK _ OFF_

Do you remember at all

(Você se lembra de tudo)


People walking hand in hand


(Pessoas andando de mãos dadas )

Can you feel that love again

(Nós podemos sentir esse amor denovo)


If we all could get along

(Se todos pudéssemos nos dar bem)

Then we all could sing this song together

(Então todos nós poderíamos cantar essa música juntos)



2 comentários:

  1. por favor posta gift of a friend

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou tentar acabar de postar essa mini fic ( so mais dois capitulos ) e no sabado eu ja posto um capitulo big por ter demorado tanto ( sabe como é , provas , testes e trabalhos)
      desculpa por demorar.
      Beijemi.

      Excluir

Comentem !!!
Lembrem-se de sempre respeitar a opinião da autora e dos outros leitores.
Beijemi!
Amo todos vocês!